Claustro ensina: uso de máscaras por crianças

Com a retomada das aulas presenciais em escolas públicas e privadas, uma das maiores preocupações é como evitar que as crianças se exponham aos riscos de contaminação, já que muitas ainda não sabem como usar corretamente as máscaras. Pensando nisso, o nosso palhaço Claustrofóbico, parceiro da Rádio Margarida, preparou um vídeo especial em que ensina para as crianças os cuidados que elas precisam ter ao usar as máscaras.

Ele compôs e apresenta uma música para ajudar a memorizar os cuidados:

Usar máscara você deve pra valer
Da Covid ela vai te proteger
Todo dia, toda hora
Na rua, na escola
A máscara é que vai te proteger

É muito importante como colocar:
Pegue pelas alças e é só ajustar
Na hora de tirar é do mesmo jeito
Guarde direitinho, na sacola é o lugar

 

Sabemos que vestir e manter esta proteção não é tão simples quanto parece. Aproveitamos para lembrar algumas recomendações que a Sociedade Brasileira de Pediatria já deu em relação ao uso de máscaras por crianças:

1 – É necessária uma supervisão constante das crianças e adolescentes por parte de um adulto. É necessário que a família explique, de acordo com a capacidade de entendimento da faixa etária do seu filho, que ele terá que usar o “o paninho” sobre a boca e o nariz até voltar para casa.

2 – Os pais devem por a máscara na criança, com as mãos limpas e higienizadas.

3 – Oriente a criança a pegar a máscara sempre pelas alças laterais ou pelo laço posterior, tanto na hora de colocar como na hora de tirar.

4 – Oriente a criança a nunca pegar no meio da máscara (parte te tecido que cobre nariz e boca).

5 – Uma máscara caseira pode ser usada por, no máximo, duas horas. Por isso é importante sempre ter pelo menos mais uma máscara limpa guardada na mochila ou bolsa.

6 – Se a máscara ficar molhada ou úmida, é preciso trocá-la.

7 – É importante cobrir sempre o nariz e a boca: nenhum dos dois podem ficar descobertos.

8 – Oriente a criança também para que, quando ela for retirar a máscara suja, guarde sempre dentro de um saquinho plástico para não contaminar as outras coisas dentro da mochila/bolsa.

9 – O tamanho da máscara deve ser adaptado ao tamanho da face da criança.

10 – O uso de máscaras não é recomendado para menores de 2 anos, pois existe o risco de sufocação. “Em crianças com menos de 2 anos, as vias aéreas são de menor calibre o que dificulta ainda mais a respiração e oxigenação adequada com a máscara. Isso pode tornar-se ainda mais grave devido à salivação mais intensa nos bebês e nas situações onde há obstrução nasal por secreção. Além disso, a imaturidade motora pode resultar em dificuldade de retirá-la quando tiver restrição para respirar”, afirma a SBP.

IMPORTANTE: É necessário enfatizar que a máscara não invalida a necessidade de cumprimento das regras de higiene e distanciamento das outras pessoas.

Confira a nota da Sociedade Brasileira de Pediatria com todas as recomendações.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *