Filmes e documentos para incentivar debates entre crianças e adolescentes

Onde começa o meu direito e onde ele termina? Todos os direitos humanos estão garantidos pelas leis? O que podemos fazer quando as leis não são suficientes para garantir os direitos humanos? Estas e muitas outras perguntas podem fomentar um debate sobre direitos humanos com crianças e adolescentes. Que tal aproveitar esta semana em que celebramos o Dia Internacional dos Direitos Humanos (10/12) para abordar o tema em sala de aula, em programações temáticas ou até mesmo em casa? 

Abaixo indicamos alguns filmes e documentos que podem ser abordados com crianças e adolescentes, como um incentivo à reflexão, ao debate e à conscientização. Confira:

 

Animação “O Menino e o Mundo”

Indicado para todas as idades, o filme mostra a história de um menino do campo que, após a partida de seu pai para buscar melhores condições de vida na cidade grande, arruma as malas, pega um trem e vai em busca dele. Mas o garoto descobre um mundo diferente, complexo e marcado pela pobreza e pelas desigualdades. Assista aqui.

Direção: Alê Abreu | Ano: 2014 | Indicado ao Oscar de Melhor Filme de Animação.

 

Curta-metragem “Bilu e João”

Bilu e João são duas crianças moradoras de uma favela de São Paulo. O filme mostra um dia na vida delas, buscando trocar latas vazias, papelão, placas e pregos retirados do lixo por algum dinheiro. Mesmo sem escola e lazer, eles tentam manter viva a infância e não desistir do sonho de um futuro melhor. O curta faz parte de uma série patrocinada pelo Unicef denominada “Crianças Invisíveis”. Assista aqui.

Direção: Kátia Lund | Ano: 2005

 

Curta-metragem “Fim do recreio”

O curta trata sobre o direito ao lazer. De forma lúdica, o filme conta a história de como o pequeno Felipe, após descobrir que um senador quer aprovar uma lei que acaba com o recreio nas escolas, encontra uma câmera do colégio e registra imagens que mostram a importância das brincadeiras na infância. Mas Felipe é descoberto e sua ação é denunciada para a diretora. Assista aqui.

Direção: Vinícius Mazzon e Nélio Spréa | Ano: 2012

 

 

Documentos

A Declaração Universal dos Direitos Humanos é o documento que estabelece, pela primeira vez, a proteção universal dos direitos humanos. Adotada e proclamada pela Assembleia Geral das Nações Unidas em 1948, é uma norma comum a ser alcançada por todos os povos e nações e inspirou as constituições de muitos Estados e democracias recentes. Em seu primeiro artigo, afirma que “Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e direitos”. 

Assim como os adultos, as crianças também precisam ter seus direitos garantidos. Não por serem o “futuro” da nação ou da humanidade, mas por serem humanos. E precisam ter seus direitos atendidos nas suas especificidades, pois crianças e adolescentes “têm alguns direitos humanos adicionais que respondem às suas necessidades específicas em termos de proteção e de desenvolvimento” (Unicef).

Confira alguns documentos que tratam dos direitos humanos e os específicos relacionados às crianças e adolescentes:

ECA em tirinhas para crianças

 

Convenção dos Direitos da Criança em versão resumida e adaptada para crianças e adolescentes

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *