Publicado em

Cedca e Ministério Público discutem eleição para conselheiros tutelares em Belém e Soure

Na última terça-feira, 10, o Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente do Pará (Cedca/PA) e o Ministério Público Estadual se reuniram, na sede da Fundação de Atendimento Socioeducativo do Pará (Fasepa), para definirem estratégias de fiscalização para a eleição de conselheiros tutelares nos municípios de Belém e Soure. Durante a reunião foram levantadas questões importantes para a realização do pleito, marcado para o dia 20 de janeiro de 2016, como a segurança das urnas eletrônicas e a infraestrura dos demais equipamentos nos locais de votação.

Para o promotor de justiça José Maria Lima Junior, para o sucesso da eleição é necessário a ampliação e melhorias dos recursos utilizados, um desses recursos é a parceria com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), que dessa vez vai possibilitar a utilização de um software das eleições convencionais, o que vai garantir maior segurança na identificação do eleitor e na contabilização dos votos.

Em Belém, a eleição para conselheiro tutelar, que deveria ocorrer em data unificada com todo o território nacional, foi anulada após denúncias de irregularidades e o novo processo de escolha foi remarcado para o dia 20 de janeiro de 2016.

Com informações da Fasepa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *