Rádio Margarida entrega doações à ORVAM

O escalpelamento ainda é uma realidade nos rios do Pará. Em 2014, nove casos desse tipo de acidente foram registrados no estado, entretanto apenas seis tiveram divulgação, uma das vítimas, que na maioria são mulheres e crianças, não resistiu aos ferimentos. Além dos danos físicos, o escalpelamento atinge a autoestima das vítimas e recuperar a autoestima dessas pessoas é a missão da Organização dos Ribeirinhos Vítimas de Acidente de Motor, a ORVAM, que desde 2011 atua na reintegração social e na reinserção no mercado de trabalho das vítimas de escalpelamento.

Umas das ações da ORVAM é a confecção de perucas que são produzidas por mulheres vítimas de escalpelamento atendidas pela DSC_0874instituição. Nesse sentido, a ORVAM busca também incentivar a sociedade de um modo geral para que esta se sensibilize por meio de campanhas que visam arrecadar doações de cabelo, já que as perucas são confeccionadas com cabelos naturais.

Foi a partir de uma dessas campanhas, divulgada no portal ONG Rádio Margarida, que a doadora identificada como Edilene, de São Paulo, contribuiu para devolver a autoestima de meninas vítimas do escalpelamento. Edilene soube da campanha por meio da divulgação do portal e encaminhou a sua doação para o endereço da ONG Rádio Margarida que se encarregou de levá-la até a ORVAM. A entrega foi realizada no dia 26 de janeiro na sede da Organização.

Atualmente a ORVAM realiza duas grandes campanhas, uma no mês de junho e a outra em dezembro, mas a instituição recebe doações o ano inteiro. Quem tiver interesse, a presidente da ORVAM, Cristina Santos, ressalta que o tamanho ideal para as doações é a partir de 30 centímetros. A ORVAM fica localizada na avenida João Paulo II, lote 134, S/N e funciona de segunda a sexta das 08 às 17 horas.

Texto e fotos: Waldeir Paiva

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *