Publicado em

Grupo do Projeto Comunicação Jovem se apresenta em praça do Guanabara

Com direito a trio elétrico, palhaços e outras atrações, os moradores apreciaram o resultado da primeira oficina desenvolvida dentro de escola do bairro. A segunda oficina é a linguagem da rádio, iniciada nesta semana.

Os atores da oficina de teatro, do Projeto Comunicação Jovem, foram a atração do Ato Show, realizado no último dia 30, na Praça Lauro Leite (Praça do Guanabara), em Ananindeua. O propósito foi mostrar para a comunidade o resultado das tardes de setembro e outubro, nas quais os estudantes da Escola Estadual de Ensino Médio Ramiro Olavo, do bairro da Guanabara, se dedicaram às descobertas e desafios.

Foram, exatamente, 22 tardes juntos, com oficina sobre violência sexual contra criança e adolescente, proferida pelo psicólogo Hugo Dias. Uma parcela do que foi absorvido foi colocada em prática sob orientação dos professores de teatro Luciano Lira e Enoque Paulino. O trabalho rendeu uma peça teatral com duração de 25 minutos.

Em cinco cenas, os estudantes levam casos de abuso sexual intrafamiliar e extrafamiliar de meninos e meninas, exploração sexual de crianças e adolescentes para fins comerciais, e a angústia das vítimas, de forma lúdica. A peça teatral está sendo apresentada em diversas escolas da região para alunos do 5º ano ao Ensino Médio.

A estudante do curso de Serviço Social, Kátia Silva, se impressionou com a dedicação e seriedade dos participantes. “Eles são uns verdadeiros profissionais, e foram descobertos pelo projeto Comunicação Jovem. Fiquei de boca aberta e arrepiada com o tamanho do resultado da dedicação e disciplina desses alunos de ensino médio”, disse Kátia.

E não para por aí. O projeto Comunicação Jovem iniciou nesta semana a segunda etapa, que é a Oficina de Rádio. Com 15 alunos, as manhãs serão de dedicação para reativar e desenvolver o estúdio de rádio da escola.

O projeto Comunicação Jovem é uma iniciativa da Rádio Margarida, Instituto Camargo Corrêa, Construtora Camargo Correa e a comunidade, com foco na melhoria da qualidade de vida, em especial a defesa dos diretos de crianças e adolescentes.

Texto: Fábio Cadete

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *