Rádio Margarida desenvolve ações em Muaná

Andanças por um mundo tão lindo, porém cheio de mazelas e desconhecido por muitos. Marajó, Muaná, onde o rio além de ser nossa rua, é nossa casa, é nosso sustento e de lá também vem algumas tristezas. Meninas e meninos sendo explorados para fins sexuais, abusos intra e extra-familiar como em qualquer canto do país independente de região ou classes sociais. É neste cenário de filme, de filme sim com a beleza e a grandeza destes rios, que a Rádio Margarida foi chamada pela prefeitura de Muaná, através da Secretaria Municipal de Assistência e Promoção Social para levarmos, alegria, informações, sensibilizações, animações, sim animações, trabalhar com a animação das pessoas para que possamos erradicar e informar sobre o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes.

Realizamos duas capacitações: rodadas de conversas uma para profissionais da educação com a presença da secretária de educação Ursula Nogueira, onde esclarecemos sobre a questão do abuso e exploração sexual e também sobre a rede de atendimento, bem como da importância da denúncia. A outra capacitação foi para os agentes da saúde e assistência social com a presença da secretária de assistência Kewin Pyles. Com distribuição de materiais educativos, radionovelas , vídeo-aulas e clipes animados do Super ECA

Nossa caravana de sensibilização e informação seguiu rio adentro onde um barco foi nossa casa, estúdio, camarim por alguns dias com uma equipe maravilhosa da DSC_0106secretaria de assistência e com a presença da secretária Kewin, onde apresentamos espetáculos de teatro e teatro de bonecos com a temática de abuso e exploração sexual, em que arte-educadores e palhaços interagiram com as comunidades, com crianças, adolescentes e adultos numa sintonia de amor e carinho, onde a troca de informações e risos foi fundamental para a excelência do trabalho, uma equipe incansável  e guerreira para o enfrentamento da exploração sexual de crianças e adolescentes, principalmente na questão das meninas e meninos que são explorados sexualmente para fins comerciais nas balsa que seguem rumo a Manaus ou Macapá, uma triste e cruel realidade. Nestas comunidades pudemos falar diretamente com a população e também falar na rádio da cidade. Estivemos com os espetáculos do Dentinho e Jhon Jhon Lee Jhones ou A vida como ela é. As comunidades foram: Jararaca, Pracuuba e Ponta Negra, trabalhamos com a Psicóloga Goreti Hamoy, com os arte-educadores Eugenia Melo, Adelsom Gonzaga, Evandro Nascimento, Morgana Leão e Gilsom Araújo.

Para finalizar fechamos em grande estilo a programação com um ato-show de sensibilização e informação sobre a temática, também apresentando estes espetáculos e contamos com a participação dos adolescentes do pro-jovem e terminamos com uma caminhada com a presença do prefeito Murilo Guimarães e o grande bonecão João Fagundes o pescador que junto com o prefeito inauguraram a nova sede do CREAs do município.

Texto: Eugenia Melo

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *