Publicado em

Projeto de sheika tira crianças das ruas

Embora use o termo “alarmante” para definir a realidade de 57 milhões de crianças no mundo que estão fora da escola, a sheika do Catar, Moza bint Nasser, de 54 anos, está convencida de que esse número pode ser reduzido em 10 milhões até 2015. Essa é a meta do Educate a Child (Eduque uma Criança), iniciativa global que ela lançou em novembro do ano passado. Casada com o sheik Hamad bin Khalifa Al Thani, Moza está à frente de instituições ligadas à educação no Catar e em países da Ásia, África e América Latina.

Em setembro, a sheika esteve na Rocinha, no Rio, a maior favela do País, onde conheceu uma das unidades do programa Escola do Amanhã, voltado para crianças que vivem em áreas violentas. A parceria com a prefeitura prevê investimentos de US$ 12 milhões (R$ 27,6 milhões) da ONG Education above All (Educação acima de Tudo), em três anos. No Brasil, 1 milhão de crianças de 6 a 14 anos está fora da escola, o que representa 3,3% do total de meninos e meninas.

“Foi impressionante. As crianças estavam orgulhosas em mostrar suas habilidades, o que dá confiança, que é a palavra-chave para a educação. Os alunos ganham identidade, autorrespeito”, disse Moza, que é socióloga. A sheika também esteve no Pará, onde conheceu projetos educacionais.

As iniciativas mais recentes apoiadas pela sheika procuram dar condições de estudo a crianças em áreas de conflito. “Na rua, elas correm o risco de serem recrutadas por gangues e milícias. O combate ao terrorismo começa pela educação, com iniciativas para transformá-las em indivíduos protegidos, com acesso à educação que tanto merecem.”

Fonte: Estadão.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *