Publicado em

Associação cria menina virtual para achar pedófilos

Pesquisadores da associação Terre des Hommes (Terra dos Homens, em livre-tradução), da Holanda, criaram uma garota filipina virtual, de 10 anos, que teria permitido identificar mais de mil pedófilos de 65 países em apenas dois meses, por meio de bate-papos virtuais. Sweetie, como foi nomeada, recebia propostas financeiras para mostrar partes do corpo enquanto conversava com homens do mundo inteiro. Entre eles, havia dois brasileiros, afirmam os pesquisadores.

Sweetie esteve disponível na internet durante dez semanas e recebeu o contato de mais de 20 mil homens, mas apenas 5% deles puderam ser identificados. O processo foi realizado por meio de dicas sobre dados pessoais fornecidos por estes abusadores, além da fisionomia exposta na webcam. Foram encontrados nomes, telefones e endereços, bem como perfis em redes sociais.

Sweetie foi criada através do estudo de movimentos, expressão e voz de crianças reais e foram utilizadas técnicas de animação avançadas para reproduzir uma criança na tela. De acordo com os pesquisadores, não é possível distingui-la de uma criança de verdade. Para dar mais realidade à ação, um pesquisador conversava através da voz de Sweetie. Enquanto isso, um outro membro da equipe usava técnicas de pesquisa básicas para encontrar mais informações sobre o abusador.

As discussões sobre o assunto apontam que a pesquisa com a criança virtual possivelmente não poderá ser usada para incriminar os pedófilos, já que a vítima não é real. Mas ela prova como é fácil identificar milhares de pedófilos ao redor do planeta: só nos Estados Unidos, foram 254 homens identificados. Apesar de haver 750 mil pedófilos virtuais de acordo com as estimativas da associação, existem apenas seis casos de prisão no mundo.

Texto: Estadão

Vídeo: AFP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *