Peça teatral aborda temática do abuso sexual contra crianças e adolescentes

 

Nascido em Brasília, o projeto Eros Impuro dialoga com um tema que se põe urgente à sociedade brasileira: o abuso sexual contra crianças e adolescentes. Uma das ganhadoras do Prêmio Myriam Muniz 2012, a montagem segue a itinerância nacional em Belém, com sessões de 23 a 26 de julho (terça a sexta), sempre às 20h30min, no Centro Cultural SESC Boulevard. Com entrada franca, a retirada dos ingressos acontece com uma hora de antecedência. A classificação indicativa é de 18 anos.

Além da peça, a Caravana Eros Impuro trará, entre outras atividades, o painel de debate “A Arte diz Não ao Abuso Sexual a Crianças e Adolescentes”, aberto ao público e será realizado na sexta (26), logo após o espetáculo.

A narrativa

Por meio da dimensão sensível da arte, o pintor Andrei busca encontrar a redenção e livrar-se da nódoa que o persegue desde menino. No entanto, sua obra é taxada de pornográfica, suja. Julgado e marginalizado por uma sociedade conservadora que tem dificuldade de lidar com o erótico, ele segue sem acesso a galerias e acuado em seu processo obsessivo. Lentamente, enlouquece sob testemunho do público, que se torna voyeur não só desse progressivo estado de paranoia quanto de criação, já que o personagem realiza a sua obra em tempo real, no aqui e agora do teatro, enquanto decorre a narrativa memorial, na qual lembranças, esquecimentos, fantasias e delírios explodem mesclados ao cheiro de tinta e aos movimentos compulsivos de criação.

SERVIÇO

Eros Impuro no Sesc Boulevard Data: de 23 a 26 de julho de 2013.

Horário: 20h30min. (ingressos distribuídos uma hora antes do início do espetáculo)

Local: Centro Cultural SESC Boulevard (Boulevard Castilho França, 522/523 – em frente à Estação das Docas). Entrada franca

Fonte: SESC Boulevard

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *