Pro Paz nos Bairros ainda tem vagas abertas

Os polos do Pro Paz nos Bairros instalados no Mangueirão e na Universidade Federal do Pará (UFPA) continuam com matrículas abertas para novos alunos. O projeto, criado em 2011, oferece atividades e oficinas nas áreas de esporte, lazer, arte e cultura para crianças e adolescentes de 08 a 18 anos e tem como principal objetivo disseminar a cultura de paz, garantindo a inclusão, interação e integração desses jovens.

A coordenadora do Polo do Pro Paz Mangueirão, Ana Cristina, destaca a importância do projeto na vida dos alunos. “Assegurar a educação dessas crianças e jovens é o nosso desafio e, pra isso, contamos com psicólogos, pedagogos e assistentes sociais cedidos por diversas secretarias, como a Seduc, IAP, Fundação Curro Velho e Seel, que fazem um trabalho de acompanhamento e avaliação permanentes do desempenho deles”, afirmou.

As atividades são oferecidas no contraturno escolar (manhã ou tarde). O aluno Carlos Mesquita, 8 anos, que é atendido no polo Mangueirão, fala sobre as coisas que tem aprendido e das novas amizades conquistadas no espaço. “Aqui a gente aprende coisas novas, faz muitos amigos, joga futebol e faz várias outras coisas. Os professores também são muito legais e sempre estão ajudando a gente”, diz o menino.

Entre as atividades desenvolvidas pelo Pro Paz nos Bairros estão o incentivo à prática de esportes como o futebol, vôlei, basquete, natação e handebol, e também aulas de balé, artes plásticas e visuais, oficinas de desenho, hip hop, percussão, artesanato e incentivo à leitura.

O professor de percussão, Mauricio Baiano, explica que as atividades ajudam a ocupar o tempo e a mente dos jovens, tirando-os da ociosidade e incentivando-os a valorizar a cultura regional. “Além de oferecer atividades que os ajudem a conhecer melhor a cultura da nossa região, procuramos dar muita atenção e carinho e por vezes acabamos virando um pouco pais deles”, conta.

O programa é todo baseado em um trabalho que ajuda a desenvolver valores como respeito, disciplina, solidariedade e coleguismo, de forma a contribuir para a reestruturação do padrão de comportamento, fortalecer os vínculos familiares e afastá-los da violência que muitas vezes está presente no ambiente em onde vivem.

Segundo a professora de dança Rúbia Gabriela, essa é uma oportunidade que as crianças têm de aprender coisas que não são repassadas na escola. “É muito bom oferecer arte e cultura para essas crianças, pois assim temos a oportunidade de apresentar uma nova perspectiva para elas, uma realidade totalmente diferente da qual estão acostumadas”. disse Rúbia.

Atualmente existem cinco polos do Pro Paz nos Bairros funcionando na Região Metropolitana de Belém, no Mangueirão, Campus III da UFPA, UFRA, IESP e na Praça Dorothy Stang, na Sacramenta.

Serviço: Para se matricular, o aluno ou responsável deve se dirigir aos polos do Mangueirão ou Campus III da UFPA até o dia 30 de abril, no horário de 8h as 18h, com duas fotos 3×4, original e cópia da certidão de nascimento e declaração de que a criança está matriculada em uma instituição de ensino, além da Declaração de Residência e RG do responsável.

Fonte- Ascom Pro Paz

1 pensamento sobre “Pro Paz nos Bairros ainda tem vagas abertas”

  1. Elton dos Anjos

    Gostaria de saber, se o programa PRO PAZ oferece ou disponibiliza vagas para estágio voluntário. Faço faculdade de Psicologia na UFPA e gostaria de conhecer as atividades do programa..

    Att

    Elton dos Anjos 

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *