Como identificar criança ou adolescente vítima de abuso sexual?

Uma pesquisa da Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal revelou que apenas 38% dos casos de violência sexual contra crianças e adolescentes são denunciados no mesmo dia. Na maioria das vezes, a denúncia é feita um ano depois do abuso, o que dificulta a punição ao autor e a proteção à vítima.

Dados do estudo apontam que 80,3% dos casos acontecem na casa da vítima ou do agressor; outro agravante é que em 85,5% o agressor tem vínculo com a vítima. Também foi identificado que os abusos ocorrem principalmente aos finais de semana (46,8%), na parte da manhã (34,4%) com crianças e jovens de até 17 anos (76%).

Confira reportagem veiculada pela TV Brasil e veja essas informações em detalhe. As denúncias de violência sexual contra crianças e adolescentes devem ser feitas pelo Disque 100, para que os casos sejam encaminhados à rede de investigação e proteção. A ligação é gratuita e o serviço está disponível todos os dias das 8h às 22h.

(Fonte: Portal Promenino)

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *