Saiba mais sobre o Instituto Felipe Smaldone

Trabalhar a capacidade cognitiva de crianças com limitação auditiva severa e profunda, este é o objetivo do Instituto Felipe Smaldone, em Belém, que atua há mais de 40 anos assegurando o direito a aprendizagem de crianças com deficiência. A intenção é fazer com que o aluno sinta-se capaz de desenvolver qualquer atividade, dentro e fora da instituição.

O instituto chegou à Belém em 1972, trazido pela congregação das Irmãs Salesianas do Sagrado Coração, sendo o primeiro do tipo a ser inaugurado no Brasil. Hoje o Felipe Smaldone atende uma população de 295 alunos, de zero a vinte e um anos, com serviços como: ensino da educação infantil ao fundamental, programas de inclusão, atendimento às crianças com implante coclear e entre outros. Esses serviços são realizados por meio de parcerias firmadas entre o instituto e órgãos públicos, tais como SESMA, SEDUC e o SUS, que cedem servidores para integrar a equipe de especialistas da entidade.

Para ter acesso aos serviços oferecidos pelo Felipe Smaldone, os pais ou responsáveis devem se dirigir a instituição para saber qual o período de matrícula. Após esse processo, a criança ou adolescente passa pela avaliação de um especialista, para saber qual o nível de limitação e assim ser integrado a uma turma de alunos com as mesmas necessidades.

Além da parceria com o poder público, o Felipe Smaldone conta com doações de voluntários que têm interesse em contribuir com a formação educacional da população com limitação auditiva. Se você ficou interessado e quiser conhecer um pouco mais sobre esta instituição, fique ligado, o Felipe Smaldone está localizado na Travessa Quatorze de março nº 854, bairro do Umarizal, telefone 3222-9630. Você também pode acessar o blog da instituição para obter mais informações, o endereço é: ifsbelempara.blogspot.com.br.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *