Atenção aos sintomas do Câncer infantil aumenta chances de cura

Todos os anos no Brasil são registrados nove mil novos casos de câncer infanto-juvenil. Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer essa doença representa a segunda causa de mortalidade de crianças e adolescentes entre 1 e 19 anos de idade. Porém,  estima-se que 70% dos casos de câncer infanto-juvenil podem ser curadas se diagnosticadas precocemente.

Visando tornar esses diagnósticos mais rápidos e eficazes a Associação Capixaba Contra o Câncer Infantil (ACACCI) lançou no ano de 2011 o projeto “Bem-Querer Diagnóstico Precoce do Câncer Infanto Juvenil. O projeto é realizado em parceria com Instituto Ronald McDonald e conta com o apoio do Governo do Estado do Espirito Santo.

Para alcançar o objetivo de melhorar e acelerar os diagnósticos o projeto capacita profissionais que fazem parte da rede de atendimento básico da saúde para reconhecerem os sintomas do câncer em crianças e adolescentes. A intenção é fortalecer essa rede para que os casos cheguem mais rapidamente ao Centro de Tratamento especializado.

O reconhecimento da doença e a busca rápida pelo tratamento são indispensáveis para que a cura seja alcançada. Como conta Viviane Maciel que

passou por essa difícil experiência, seu filho Santiago, na época com apenas oito meses de vida, foi diagnosticado com tumor de Wilms, um tipo de câncer nos rins.

Sem os sintomas característicos da doença como os sangramentos e as dores, Santiago apresentava somente uma massa na barriga, vista por acaso durante uma brincadeira. “Começamos a investigar e na tomografia foi confirmada a presença de um nódulo de 12 cm que, após biopsia, foi diagnosticada como tumor de Wilms em estágio três” explica Viviane.

Apesar da doença estar em estágio considerado avançado (total de quatro estágios) o tratamento foi rapidamente iniciado, no mesmo dia que foi confirmado o diagnóstico foi realizada a primeira sessão de quimioterapia. Hoje, com sete/oito anos, Santiago está curado e faz acompanhamentos anuais de prevenção.

“Foi um susto descobrir que o câncer é comum em crianças, mas ao vivenciar a situação descobri que o que faz diferença na cura é a agilidade que aceitamos o problema e passamos a lidar com ele buscando ajuda e tratamentos” contou Viviane.

Sintomas 

Alguns sintomas do câncer podem ser facilmente confundidos com doenças mais comuns por isso qualquer alteração deve ser observada e investigada. Esses sintomas também  dependem da localização do tumor e do grau de invasão nos órgãos adjacentes. Geralmente são progressivos e persistentes.

Abaixo alguns dos sintomas gerais:

  • febre
  •  vômitos
  • emagrecimento
  • sangramentos
  • ínguas
  • dores ósseas
  •  palidez.
  • dores de cabeça
  • alterações da visão
  •  dores abdominais ou localizadas.

  

Assista aqui o vídeo do projeto Bem-Querer Diagnóstico Precoce do Câncer Infanto Juvenil da ACACCI

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *