Estudo diz que mais da metade dos adolescentes que cumprem medidas sócio-educativas são usuários de drogas

Sete em cada dez adolescentes em conflito com a lei e que cumprem medidas socioeducativas ouvido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) disseram ser usuários de drogas. A maconha é o entorpecente mais consumido, depois vem a cocaína e o crack. A constatação é da pesquisa Panorama Nacional – A Execução das Medidas Socioeducativas de Internação feita com base nos dados do programa Justiça ao Jovem. O estudo traçou o perfil de 17,5 mil jovens infratores que cumprem medidas socioeducativas no país.

O levantamento também mostrou que 14% dos jovens pesquisados têm pelo menos um filho e apenas 38% foram criados pelos pais. Além disso, metade deles é reincidente. O roubo e o tráfico de drogas são as infrações que mais levam os jovens (60% dos entrevistados) ao cumprimento de medidas socioeducativas.

O estudo foi divulgado nesta terça-feira (10), em Brasília (DF), pelo presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministro Cezar Peluso. Ele foi feito pelo Departamento de Pesquisas Judiciárias do conselho com base nos dados colhidos pelo Departamento de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário (DMF), entre julho de 2010 e outubro de 2011.

(Agência Brasil)

1 pensamento sobre “Estudo diz que mais da metade dos adolescentes que cumprem medidas sócio-educativas são usuários de drogas”

  1. O pior de tudo é que essas medidas na sua maioria nao são levadas a serio pelo adolescente e sua família e acabam nao sendo cumpridas.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *