Dia Mundial da Síndrome de Down é comemorado nesta quarta-feira

Delegações de todo o mundo e representantes da sociedade civil se reuniram, nesta quarta-feira (21), na sede da ONU para marcar o primeiro Dia Mundial da Síndrome de Down. Em mensagem, Ban Ki-moon parabenizou ativistas que trabalharam para fazer do dia uma realidade.

Margem
Segundo as Nações Unidas, 10% da população mundial vivem com algum tipo de deficiência.

Ban lembrou, que durante muito tempo, as pessoas com down, incluindo crianças, tiveram que viver à margem da sociedade. Segundo ele, em muitos países pessoas com a síndrome continuam sofrendo discriminação e estigma, além de barreiras legais e ambientais que impedem a participação deles em suas comunidades.

O Secretário-Geral afirmou que em muitos países meninas e meninos com deficiências intelectuais não têm acesso à educação. Muitos pais são obrigados a matricular os filhos em escolas especiais, ou até mesmo deixá-los em casa, pela crença de que alguém com síndrome de down irá “atrapalhar” o processo educativo.

Ele lembrou que pesquisas comprovam que a diversidade na sala de aula é um benefício para todas as crianças. Ban encerrou a mensagem pedindo a todos que ajudem a construir sociedades mais inclusivas.

Data
A partir de hoje, a data ganha maior dimensão, porque está sendo celebrada pela primeira vez em 193 países, por meio da moção apresentada pelo Brasil à Organização das Nações Unidas (ONU) e aprovada por consenso.

O 21 de março foi escolhido como Dia Internacional da Síndrome de Down porque se escreve como 21/3 (ou 3-21, em inglês) – uma alusão à trissomia do cromossomo 21, indicador da Síndrome de Down. A denominação da síndrome vem do sobrenome do médico inglês John Langdon Down, que, em 1866, fez as primeiras observações detalhadas sobre esse grupo de pessoas na sociedade. O que abriu espaço para estudo e tratamento.

No Brasil, uma série de homenagens serão prestada no Senado Federal e na Câmara.
Durante a celebração serão homenageadas pessoas, organismos e instituições que promovem e realizam ações concretas, projetos bem sucedidos em favor dos portadores da Síndrome de Down.

Governo define Manual de Atenção à Pessoa com Síndrome de Down
O Diário Oficial da União publica nesta quarta-feira (21) – Dia Mundial da Síndrome de Down – um anexo que define o Manual de Atenção à Pessoa com Síndrome de Down. Os detalhes contidos no texto serão publicados no site do Ministério da Saúde  (http://portalsaude.saude.gov.br/portalsaude/index.cfm). No Brasil há cerca de 4,5 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência, segundo dados recentes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Com o manual, o governo espera esclarecer dúvidas e colocar à disposição do público informações detalhadas sobre como proceder quanto ao diagnóstico, tratamento e acompanhamento das pessoas com deficiência. O texto da cartilha foi elaborada com o apoio do Sistema Único de Saúde (SUS), que forneceu dados sobre o atendimento e a qualificação de profissionais e equipes públicas.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *