Para pais, publicidade infantil influencia só o filho dos outros

Pais e mães acreditam que seus filhos são menos influenciados por publicidade infantil do que os filhos de amigos e conhecidos. É o que mostra uma pesquisa inédita feita entre fevereiro e março por pesquisadores da Universidade de Brasília (UnB). O levantamento traz informações sobre quase 700 pais e mães, em 19 capitais e no Distrito Federal. Eles tiveram de responder à seguinte pergunta: “quanto a publicidade influencia no que o seu filho consome?”. Numa escala que vai da nota 1 (não influencia) até a nota 10 (influencia totalmente), os pais deram notas entre 5 e 6 para seus filhos, em média. Quando a pergunta se referiu aos filhos de amigos, atribuíram pontuação entre 7 e 8. A pesquisa foi feita como trabalho de conclusão de curso pelo psicólogo Lucas Caldas, que teve bolsa da ANDI – Comunicação e Direitos.

Alerta- Para o coordenador da pesquisa e professor do departamento de psicologia da UnB, Fabio Iglesias, o dado preocupa. “Quanto mais um indivíduo se considera imune, mais risco ele pode estar correndo.” Ele diz que há evidências do chamado efeito da terceira pessoa. “É quando o indivíduo acha que os outros são influenciados, enquanto ele se considera mais crítico”, conclui.

Fonte: Portal ANDI (Informações Folha de S. Paulo)

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *