Publicado em

Pró-Paz na defesa da criança e do adolescente

Pró-Paz

O Programa de Atendimento Exclusivo a Crianças e Adolescentes Vitimizados Pela Violência Sexual (Pró-Paz), é uma das entidades que faz parte do Comitê Estadual de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes no Pará. Só esse ano o Programa já atendeu 246 vítimas de violência sexual. “As pessoas estão buscando mais o serviço, estão denunciando bastante, mas a violência tem se evidenciado muito”, diz Eugênia Fonseca, coordenadora do Pró-Paz.

Segundo ela, as maiores vítimas são crianças de 2 a 6 anos e adolescentes entre 12 e 14 anos vítimas de abuso sexual na capital e interior. O Pró-Paz também atende outros tipos de violência como maus tratos, violência psicológica, negligência e violência dentro das escolas, o que tem se tornado muito frequente.

Eugênia Fonseca, coordenadora do Pró-Paz
Eugênia Fonseca, coordenadora do Pró-Paz

Hoje o Pró-Paz passa por um processo de reformulação de seu quadro funcional, que compreende na potencialização de médicos, psicólogos e peritos para melhor atender à população, uma vez que o profissional capacitado e em número maior contempla de maneira eficaz os problemas da sociedade. Para isso, o Centro de Perícias Científicas Renato Chaves volta a atender vítimas e famílias não apenas voltados à violência sexual, mas também ao abandono, violência doméstica, negligência e violência psicológica contra crianças e adolescentes.

O Programa ainda é restrito a capital, no que diz respeito ao espaço físico, mas recebe demandas de cidades como Soure, Afuá, Salvaterra, São Caetano de Odivelas dentre outros. Segundo a coordenadora, já existe uma emenda parlamentar aprovada no governo passado, que vai viabilizar seis unidades no interior com o mesmo perfil de atendimento do Pró-Paz Integrado Santa Casa.

De acordo com Eugênia, o Pará ocupa o 4ª lugar no ranking nacional de denúncias. A ampliação do acesso à informação tem contribuído com o aumento das denuncias. O Pró-Paz acredita que esse número ainda é tímido pois muitos casos não chegam ao conhecimento dos órgãos competentes.

Para mais informações acesse www.santacasa.pa.gov.br

Um comentário sobre “Pró-Paz na defesa da criança e do adolescente

  1. trabalho com jovens q cometeram atos enfracionais, atraves da arte e com o hip-hop dança de rua estamos tranformando a mente e o coração de muitos d´les, e tenho um projeto social nao filantropico q atua no bairro do guama.
    quais sao as pocibilidades de fazer parte deste trabalho do pro-paz?
    meu contato: 91-88374440/81746330
    desde ja agradeço…
    ass: ney

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *