Como Trabalhamos

MÉTODO DE EDUCAÇÃO POPULAR:

A Rádio Margarida desenvolve, desde janeiro de 1994, o método de educação popular Rádio-ação, criado em parceria com a Universidade Federal do Pará e coordenado pelo Prof. Dr. Osmar Pancera. A metodologia consiste em utilizar linguagens artísticas e meios de comunicação social, como o teatro, teatro de bonecos, contadores de histórias, palhaços, jogos, brincadeiras, dinâmicas de grupo, rádio-teatro, ao vivo e por transmissão, vídeos, televisão popular, fotografia, artes plásticas, músicas e materiais impressos, para sensibilizar e educar crianças, adolescentes e adultos.

O método Rádio-ação organiza-se, com base na práxis da produção artístico-cultural, com as seguintes categorias: comunicação, sentimento e ação transformadora. A comunicação vai além da troca de informações entre sujeitos e é compreendida, pela Rádio Margarida, como a mediadora do conhecimento e das experiências de vida. A serviço da transformação social, a comunicação possibilita a vez e voz do oprimido e estabelece as mediações necessárias, por meio da imagem, do áudio e da palavra escrita e falada. Pronunciar o mundo, principalmente ao educador, é comunicar e garantir a palavra, e o direito de expressão, aos que têm esse direito negado.

Do diálogo entre a arte, a educação, a cultura e a comunicação, manifesta-se outra categoria: o sentimento. Ele está presente em diversas formas de educação popular, elevando as pessoas à condição de cidadãos, que dialogam entre si e com o mundo. Na categoria “sentimento” se desenvolvem as maneiras de levar e trazer a informação para dentro de cada um de nós, através da sensibilização e da emoção que os meios facilitadores transmitem. As maneiras que a Rádio Margarida encontra de levar informação e conhecimento, sensibilizam e fazem vir à tona sentimentos que colaboraram para uma ação transformadora que, se não puder ser realizada de uma só vez, é partilhada em atos, com união, organização de pessoas, grupos e movimentos sociais.

EIXOS DE ATUAÇÃO

Os projetos e ações que a Rádio Margarida desenvolve atuam na promoção e valorização dos eixos:

Direitos humanos e cidadania: Ações voltadas para a veiculação e popularização dos Direitos Constitucionais, do Estatuto da Criança e do Adolescente, do Código de Defesa do Consumidor, da Lei Orgânica de Assistência Social, do Estatuto do Idoso, lei Maria da Penha, apoio às organizações e movimentos sociais, rede de proteção à criança e adolescente, além de outras ações ligadas a cidadania. Meio ambiente: Programas de educação ambiental direcionados à preservação e utilização racional dos recursos naturais, desenvolvimento auto-sustentável, legislação e responsabilidade sócio-ambiental, divulgação de tecnologias, capacitação de agentes ambientais, implantação de coleta seletiva e reciclagem de lixo, jogos, gincanas e materiais educativos.

Saúde: Ações voltadas para a educação em saúde, prevenção a mortalidade infantil e medidas vitais de saúde, como alimentação, aleitamento materno e vacinação. Além, de projetos voltados para o planejamento familiar, prevenção da gravidez precoce e de doenças sexualmente transmissíveis, formação de hábitos de higiene corporal e bucal, entre outros.

Arte: Por meio de linguagens artísticas, a Rádio Margarida promove a inclusão social, valorizando a cultura regional e local e sensibilizando para o diálogo, a amizade, a convivência pacífica com a diversidade e a prevenção à violência. Além, de oferecer atividades ligadas à música, artes visuais, artes cênicas, literatura, artesanato, danças folclóricas, e muito mais.

Comunicação social: Utilização e produção de vídeos, jornais, fanzines, cartilhas, guias, radionovelas, spots, mídias sociais e narrativas de contos e histórias, com participação direta de jovens e educadores no processo de criação.

Cultura: Valorização e divulgação da cultura Amazônica: contos, mitos, lendas, costumes, músicas, danças, culinária, imaginário popular e patrimônio.

LINGUAGENS E MEIOS

Para promover os seus projetos e ações, a Rádio Margarida adota uma linguagem didática e acessível, para que crianças, adolescentes e adultos conheçam os seus direitos e deveres. Em suas atividades, a ONG utiliza os seguintes meios:

Rádio–teatro ambulante: Com espaço cênico e equipamento de som móvel, arte–educadores, palhaços, atores, manipuladores de bonecos, músicos e locutores, deslocam-se até as comunidades, transmitindo mensagens educativas. Brincando, eles transformam o espectador em ator e agente, despertando e encantando por onde passam.

Rádio Difusão: Direcionado para as rádios FM/AM/OT. São programas educativos que, utilizando personagens do imaginário popular, radionovelas e serviços de utilidade pública, valorizam a integração regional e a cultura amazônica.

Produções educativas: Produção e disponibilização de materiais para educação à distância, como vídeos documentais, ficcionais e vídeoaulas. Além de músicas, radionovelas, spots, cartilhas, livros, contos, histórias e CD-Rooms interativos.

Oficinas de arte: Oficinas de teatro, teatro de bonecos, confecção de instrumentos de percussão, iniciação musical, brinquedos populares, grafismo em cuia, pintura mural, danças folclóricas, fotografia artesanal, reutilização e reciclagem de materiais, entre outras.

Capacitação: Cursos de iniciação em vídeo, rádio, meio ambiente e arte-educação, voltados para a qualificação profissional de jovens.

Literatura – Produções de livros, cartilhas, jornais, poesias, ensaios, artigos, dramaturgia e roteiros para os meios de comunicação.

Jogos e dinâmicas – Elaboração de jogos educativos e gincanas, que contribuem para a melhoria das relações interpessoais.

Pesquisa-ação – Desenvolvimento de pesquisas em arte, cultura, educação popular, comunicação social, direitos humanos, cidadania e educação ambiental.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *