Posted on

Programas Conectados – Negligência

O programa Conectados é uma série de vídeos produzidos pela Rádio Margarida, no anos de 2011/2012, para o projeto Novas Práticas Educativas, em parceria com o Comitê Estadual de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes e com a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República. Camila, João, Patrícia e Renato são quatro jovens que vivem conectados e sempre buscam discutir assuntos que envolvem os direitos de Crianças e Adolescentes.

Baixe o original aqui

Posted on

Lavando as mãos

A Vila de Anã fez um vídeo educativo que serve não apenas pra quem vive na Reserva Extrativista Tapajós-Arapiuns, mas pra todo mundo que quer merendar com saúde!

Gravado em um celular por Ingrid Natália e Alessandra Cardoso, adolescentes de Anã, o vídeo foi editado também pela Ingrid Natália, no computador da própria comunidade.

No elenco muitas crianças, a professora Ruti Rico e os irmãos Aldair e Adriana Godinho interpretando o pai e a mãe do menino mais consciente do Rio Arapiuns!

Essas atividades, realizadas em apenas uma tarde, no dia 22 de novembro, fazem parte da Oficina de Vídeo com Celular, conduzidas por Bob Barbosa e Gabriel Abreu, realizadas pelo Projeto Saúde & Alegria, com apoio da Vivo e Fundação Telefônica.

A produção do vídeo contou também com a colaboração da arte-educadora Elis Lucien, do PSA e dos professores e professoras da Escola Pública Nossa Senhora de Fátima, na Comunidade de Anã.

Assista e divulgue o vídeo (clique acima) nas redes sociais, blogs e e-mails!

(Fonte: Rede Mocoronga)

Posted on

A menina que queria estudar

É preciso garantir que as crianças e adolescentes possam exercer o direito de irem pra escola, estudar! A Comunidade de Pedreira, na Floresta Nacional do Tapajós, considerando esse direito e baseada na própria realidade, produziu durante a Oficina de Vídeo com Celulares o curta “A menina que queria estudar”.

Conduzida por Bob Barbosa e Gabriel Abreu, a Oficina foi precedida na comunidade por debates sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente, promovidos pela equipe de Arte Educação do Projeto Saúde & Alegria, que realizou as atividades com o apoio da Fundação Telefônica.

Os próprios comunitários, que gravaram as cenas com celulares, também editaram o vídeo, agora ponto de partida para refletirmos sobre a necessidade de garantir-se o direito à Educação, mesmo em comunidades, como a de Pedreira, que vivem da agricultura familiar.

(Vídeo produzido pelo Projeto Saúde e Alegria, através da Rede Mocoronga)