Rede Cegonha amplia exames da triagem neonatal

O Programa Nacional de Triagem Neonatal (PNTN), que realiza o Teste do Pezinho, amplia o acesso ao exame em seis estados brasileiros. Uma iniciativa que reforça o cuidado com a criança, preconizado pela estratégia Rede Cegonha.

A partir de agora, o Distrito Federal, Ceará, Bahia, Mato Grosso, Pará e Mato Grosso do Sul estão habilitados na Fase III do programa, o que significa que passarão a diagnosticar mais uma doença: fibrose cística.

Além dessa doença, esses estados continuam diagnosticando o hipotireoidismo congênito, a fenilcetonúria e a doença de falciforme. Para estimular estados a ampliar o acesso, o Ministério da Saúde dobrará o investimento para realização da triagem neonatal.

Hoje, R$ 52 milhões são destinados aos gestores estaduais, a partir de 2013 esse valor passará para R$ 120 milhões.

Fonte: Portal Andi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *