Projeto combate violência contra crianças

O projeto paraense “Novas Práticas Educativas: em defesa da criança e do adolescente” foi o vencedor estadual do Prêmio Anu 2010 realizado pela Central Única das Favelas (Cufa). A premiação ocorreu na última terçafeira, no Teatro Municipal do Rio de Janeiro. O projeto social, executado pela Rádio Margarida, objetiva combater a violência contra criança e adolescente através de oficinas que abordam temas como cidadania e drogas. As oficinas têm a participação direta de professores e jovens de escolas públicas da rede estadual de ensino da Região Metropolitana de Belém na
perspectiva de cumprimento do Estatuto da Criança e do adolescente – ECA.

A proposta é contribuir no enfrentamento à violência contra criança e adolescente, dentro e fora das escolas, por meio de uma formação nas temáticas drogas, violência sexual, trabalho infantil, violência doméstica e cidadania; produção e difusão de tecnologias sociais de áudio (rádio
novelas e spots), vídeos de curta metragem e fotografia.

De acordo com a coordenadora do projeto, Mirian Salomão, “o processo de mudança que experimenta a sociedade no século XXI é, muitas vezes, maior do que a nossa capacidade de responder às novas demandas. E as escolas – não diferente de pais, educadores e demais instituições sociais – se veem cada vez mais desafiadas frente a essas novas exigências que circundam a vida de crianças e adolescentes: interesses, aptidões, habilidades
e necessidades sociais. Diante disso, o projeto se propõe a desenvolver novas práticas educativas – com base nos direitos da criança e do
adolescente – que venham a contribuir com as propostas pedagógicas desenvolvidas pelas escolas”. “Se quisermos uma educação melhor precisamos somar esforços, porque os desafios são muitos”, defende.

Fonte: O Liberal

Uma ideia sobre “Projeto combate violência contra crianças”

  1. Foi uma iniciativa muita boa. São projetos como esse que precisa ser divulgado e posto em prática em outros estados também.
    Vocês da rádio Margarida estão de parabéns. Continuemos nessa luta que é de todos nós em defesa de nossas crianças e adolescentes do nosso Brasil.

    Um abraço à todos.
    Prof. Silvana Régis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *